in

Mercado Livre lançou Limite de Crédito no Boleto sem Consulta SPC/Serasa para usuários

No final de 2018 o Marcado Livre lançou o seu mais ambicioso projeto. Chamado de Mercado Crédito, esse novo projeto começou a liberar uma quantidade imensa de limites de crédito para compras que podiam ser pagas em 2 até 12 meses de forma SEM JUROS e no BOLETO.

Publicidade

No início esse projeto piloto permitia apenas que seus vendedores pudessem participar. Porém, agora sabemos que o Mercado Livre está liberando o acesso de limite de crédito para várias contas de usuários.

E de acordo com informações recebidas por nossos leitores, esse projeto aderiu até mesmo quem está com o CPF restrito. Ou seja, mesmo que você esteja negativado, é possível ainda comprar no Mercado Livre e pagar parceladamente no Limite de Crédito por boleto bancário.

Fique com a gente para descobrir tudo sobre esse projeto que promete mudar por completo a sua relação com o site de compras mais famoso do Brasil.

Limite de Crédito do Mercado Livre

Como Funciona: O procedimento para poder fazer uma compra no Mercado Livre através do Limite de crédito é muito simples. No momento de fazer o pagamento, procure se aparece a opção escrita ‘Mercado Crédito’. Dependendo do seu limite de crédito, pode aparecer essa opção.

Em alguns casos pode ser que não apareça essa função para você, isso pelo fato de o valor total da compra ser inferior a R$125 ou ainda superior ao seu limite estabelecido pelo site. O Mercado de Crédito também pode deixar de aparecer caso você atrasar algum pagamento. 

Como verificar o seu limite de crédito no boleto

Se você quer saber como conferir o seu limite de crédito no boleto do Mercado Pago, basta entrar com o login ativo na sua conta do Mercado Livre (Link Aqui).

Publicidade

Apesar de parecer um produto com uma extrema vantagem, você precisa estar ciente que ao optar por essa forma de pagamento, você pode acabar optando por uma taxa de juros bem elevada.

Os juros podem começar a partir de 4% ao mês e ir aumentando conforme o número de parcelas sobe. Um exemplo que podemos dar é o seguinte. Se você for hipoteticamente comprar um produto que custe R$ 339 em 12 vezes de R$ 42,59 no final você irá pagar o preço total de R$ 511,08 ou seja uma bela taxa de juros de 6,96090% ao mês.

Porém, mesmo que isso possa parecer algo negativo. Pode servir para aquelas pessoas que não possuem cartão de crédito e querem parcelar suas compras por boleto, de forma parecida que as compras no crediário de muitas lojas.