in

Crédito Pessoal Ctt — Realize os seus projetos de futuro, hoje

Tu estás procurando um bom crédito pessoal para confiar os teus mais variados projetos, então veio ao lugar certo, pois hoje iremos abordar um dos créditos pessoais com as melhores taxas de toda Portugal, conheça o credito pessoal do CTT.

Publicidade

O Crédito pessoal do CTT é concedido sem que esteja definido o fim a que se destina a quantia mutuada. Um contrato de crédito pessoal permite-lhe financiar os mais diversos projetos (por exemplo: Viagem, TV, obras, entre outros…) não exigindo a Instituição de Crédito o comprovativo da afetação do crédito.

Taxas, Montantes e Prazos do Credito Pessoal CTT

Atualmente os empréstimos desta Instituição de Crédito trabalha com as seguintes taxas e montantes.

Crédito Pessoal

– De 2500€ a 50000€

– De 12 a 120 meses

Taxas em Vigor

Publicidade

TAN desde 7,80%

TAEG desde 10,1%

Exemplo para um financiamento de 5000€ pago em 72 mensalidades de 98,40€ (inclui seguro de crédito facultativo de 7,17€/mês, não estando este valor refletido no MTIC e na TEAG). Inclui comissão de processamento da prestação de 1,50€. TAN 8,50%, TAEG 10,5%. Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC) de 6.643,56€.

Vantagens de Aderir ao Crédito Pessoal CTT

Como cliente do CTT você possui as seguintes vantagens.

– Soluções de financiamento adaptadas a cada projeto e a cada orçamento: Duração de 12 a 120 meses com financiamento de 500 a 50000 euros.

– Muito mais cómodo, com taxa e mensalidade fixas até o final do contrato. Sem obrigação de subscrição de produtos adicionais.

-O cliente pode optar por incluir o seguro facultativo de proteção ao crédito com cobertura de desemprego e vida.

– Adesão simplificada com pré-aprovação no próprio dia e financiamento em 48 horas após a receção do contrato.

Como Aderir ao Crédito e quais documentos necessários

Para poder aderir ao crédito pessoal CTT, o cliente precisa ir até uma loja CTT e levar consigo os seguintes documentos.

– Comprovativo de Identidade (1º e 2º titular): Fotocópia do Cartão do Cidadão ou Bilhete de Identidade e Cartão do Contribuinte.

– Comprovativo de Rendimentos (1º e 2º titular): Trabalhador dependente: Fotocópia dos 3 últimos recibos de vencimento. Trabalhador independente: Fotocópia do IRS e Nota de liquidação. Reformado: Fotocópia da última declaração de pensão.

– Comprovativo de Morada: Fotocópia da última fatura de Água/ Luz/ TV por cabo ou Telefone.

– Informação bancária: Fotocópia extrato de conta (com nome e IBAN cliente) ou fotocópia de cheque ou caderneta.

Para mais informações acesse o site (www.ctt.pt/financas-e-pagamentos/credito-pessoal).